Você já pensou quais aspectos podem influenciar na valorização de um imóvel? Neste artigo, saiba como planejar a compra e venda do seu bem!

Valorização de imóveis: conheça os aspectos que interferem no preço

Você já pensou em como a valorização de imóveis pode oscilar ao longo dos anos? Existem inúmeros fatores que podem influenciar nos preços, e entender essa variação é fundamental para perceber o real valor de um imóvel, o que ajuda na hora de negociar o bem.

Essa variação pode ocorrer tanto para cima quanto para baixo. Algumas características são bem conhecidas do público — como localização e segurança, mas existem pontos que não costumam ser considerados e têm grande influência no valor final.

Por isso, pensando em te ajudar a entender como funcionam esses indicadores, preparamos este conteúdo com os aspectos mais importantes a considerar. Acompanhe!

Localização

A localização é o primeiro fator que pensamos quando falamos em valorização de imóveis. Aqui, é preciso considerar a região em sentido amplo. O que ela oferece, como são as casas e prédios, a infraestrutura proporcionada, áreas verdes etc.

Em relação ao aumento do valor, é preciso definir uma expectativa para crescimento do local. Se o bairro ou região já tem uma boa consolidação de imóveis, pode ser que o preço dos bens fiquem um pouco estagnados.

Isso tem a ver, também, com a oferta e procura. Se muitas pessoas querem morar naquele local, mas há poucos imóveis disponíveis, o valor tende a subir. Além disso, se a região é nova e está começando a se urbanizar, há uma tendência de aumento de preços com o tempo.

Acessibilidade

Outra característica que deve ser analisada na região é a acessibilidade a pontos importantes da cidade. Aqui é possível analisar o transporte público, a qualidade e quantidade de vias de acesso e outros fatores que facilitem a mobilidade no dia a dia.

Se a cidade tem um ponto rico em comércios, fábricas e indústrias, é comum que muitas pessoas precisem acessar esses locais na rotina. Por isso, a procura por um imóvel que proporcione boa acessibilidade, menos trânsito e mais alternativas de deslocamento é alta.

Se há obras em vias públicas em andamento, pode haver uma expectativa de valorização do imóvel, pois quando essas vias ficarem prontas, a acessibilidade também ficará maior e a região mais requisitada.

Facilidades da região

Ainda analisando a região do imóvel, é preciso notar quais são as facilidades que ela proporciona. Aqui estamos falando de pontos de interesse utilizados no dia a dia e em caso de emergências.

Verifique se há mercados, padarias, farmácias, postos de saúde e outros locais que facilitam o dia a dia. Imóveis próximos a esses locais costumam ter um bom valor de mercado, pois os moradores economizam com transporte e perdem menos tempo com deslocamentos.

Também é importante verificar se há projetos e construções desses empreendimentos. Apostar em locais com pouca infraestrutura, mas que há expectativa de crescimento ajuda na valorização e no lucro ao vender o imóvel.

Segurança na região

Outro ponto que deve ser observado para avaliar a valorização de imóveis é a segurança da região. Aqui existem algumas características que você pode analisar para determinar esse fator.

A iluminação pública do local é importante nesse quesito. Lugares escuros e com poucos pontos de luz podem dar a impressão de insegurança, principalmente em períodos com pouco movimento e iluminação natural.

Se há delegacias e patrulhamento de policiais ou guardas também é um bom indicativo. Você pode procurar por notícias sobre a região, principalmente em relação a furtos, roubos e arrombamentos.

Estrutura do imóvel

Agora é hora de falar sobre o próprio imóvel. Um dos principais fatores que interferem na valorização é a estrutura geral. Quantos quartos ele tem, banheiros, sala de estar, cômodos para escritório etc.

Componentes de acabamento de qualidade e facilidades modernas para os moradores são aspectos positivos a serem considerados nessa hora. Além disso, é preciso considerar os sistemas elétrico e hidráulico do imóvel, se não há vazamento, torneiras suficientes, condições da fiação e qualidade dos materiais usados na construção.

Tudo isso será avaliado na hora da venda, pois os compradores sempre preferem imóveis em que não é preciso fazer mudanças estruturais e em relação aos sistemas. Além da função estética, esse aspecto oferece segurança e passa uma boa impressão sobre os cuidados com o bem.

Condições do imóvel

Além da estrutura, é fundamental considerar também as condições do imóvel, ou seja, se ele está bem cuidado, sem problemas que precisam de reparos e o estado geral de acabamentos, itens e outros fatores.

Aqui é a impressão que o imóvel passa que conta. Compradores não querem gastar com reparos e, se há problemas aparentes como infiltrações, pisos rachados, móveis quebrados ou avariados, isso pode fazer com que os possíveis interessados se afastem.

Além disso, um imóvel bem cuidado tem grandes chances de valorizar com o tempo, por isso é fundamental fazer os reparos necessários antes que os problemas fiquem grandes demais. Esse quesito é ainda mais importante nos imóveis que estão sem moradores, pois eles costumam apresentar mais desgastes do que os ocupados.

Documentação

Um dos pontos que influenciam a valorização de imóveis são os documentos. É preciso que o bem esteja regularizado para passar segurança ao comprador e preencher todos os requisitos legais para que seja feita a transferência. Sem a documentação correta, os interessados terão que gastar com a regularização ou ficarão desconfiados de que há algum ônus ou problema.

Por isso, é preciso que a escritura esteja averbada na matrícula do imóvel, que conterá todos os dados sobre o bem, desde quem é o proprietário até algum ônus existente, como penhora pendente ou hipoteca.

Além disso, é preciso apresentar os documentos relativos aos impostos que devem ser pagos, como o IPTU, no caso de imóveis urbanos. Assim, o comprador verificará essas informações, o valor que deve ser pago e se não há alguma dívida registrada nos órgãos oficiais. Se existe alguma característica própria do bem, como proximidade com áreas de marinha ou de preservação, também será necessário informar previamente.

Necessidade de reforma

A necessidade de reforma também é um aspecto do imóvel que influencia no seu valor de mercado e possível valorização com o tempo. Aqui, diferente de reparos por problemas na estrutura ou acabamentos, estamos falando de alterações na disposição da planta ou outras mudanças para melhorar sua utilização.

Isso acontece, principalmente, em imóveis mais antigos, que foram construídos com tendências da época que já não são mais cômodas atualmente. Assim, quartos muito pequenos, falta de suíte, pouco espaço na cozinha ou em outros cômodos são problemas que podem precisar de reformas para resolver.

Além disso, a falta de comodidades mais modernas ou sistemas capazes de lidar com eletrodomésticos e eletrônicos de última geração também são problemas recorrentes. Com o crescimento das cidades e a possibilidade de trabalhar em casa, algumas características são fundamentais para o conforto da família e para se adequar a essas novidades.

Espaços de lazer

A modernização dos centros urbanos também trouxe uma necessidade importante na vida das pessoas: espaços de lazer no próprio imóvel ou condomínio. Essa proximidade a áreas verdes, piscina, playground e outras áreas é fundamental para evitar deslocamentos e melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Por isso, imóveis com bons espaços de lazer são mais valorizados. Além de dar um aspecto melhor para a própria propriedade, os moradores podem usufruir dessas áreas com mais tranquilidade e sem ter que enfrentar trânsito, fazer grandes planejamentos ou gastar com transporte para ter um momento de descanso com a família.

Aqui, imóveis com área gourmet, academia, piscina, quintal amplo e churrasqueira são bem procurados. Casas em condomínio que oferecem bons espaços para os moradores também são um diferencial na hora de encontrar interessados, principalmente em grandes centros urbanos.

Vizinhança

Outro aspecto do imóvel que influencia na sua valorização é a vizinhança. Assim, esse fator deve ser considerado como uma parte da propriedade, pois ele pode trazer alterações no preço. Por isso, mesmo considerando os detalhes do imóvel em si, é preciso analisar os arredores para determinar o valor do bem.

Aqui, é importante verificar como é o perfil dos vizinhos: se eles fazem muito barulho, se utilizam os espaços públicos com respeito e moderação, sem ocasionar problemas para os moradores. Além disso, é preciso analisar as outras construções da rua, pois o aspecto geral do local modifica a impressão que os interessados têm do imóvel.

Assim, a vizinhança com casas e prédios de boa qualidade e bom gosto também afetam a sua propriedade. Como dito anteriormente, a impressão que o comprador tem dos arredores é fundamental para que ele fique interessado na compra, além de demonstrar que o local é bem cuidado e que os vizinhos tratam o local com respeito, trazendo mais tranquilidade para a rotina e melhorando a qualidade de vida. 

Conhecendo esses detalhes sobre a valorização de imóveis você poderá fazer uma boa negociação e encontrar um preço justo para o bem. Lembre-se de que é possível influenciar esses fatores e planejar suas compras de acordo com a expectativa de aumento de valor. Para isso, conte com empresas com experiência no ramo para ajudar nesse momento.

Gostou desse conteúdo? Então você precisa nos seguir nas redes sociais — temos Facebook, Instagram e LinkedIn — para acompanhar todas as nossas atualizações!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top